Em experiências realizadas anteriormente pelo consórcio, havia um monitor dentro do veículo autônomo para garantir a segurança da viagem.

22170724615228[1]

Mobilidade: transporte público autônomo é testado no Reino Unido

Data: 23-01-2020
Autoria: André Luiz Dias Gonçalves
Fonte: Tecmundo

O transporte público autônomo e que não compromete o meio ambiente, oferecendo uma alternativa de mobilidade aos centros urbanos, já é realidade no Reino Unido. Por lá tiveram início, na última segunda-feira (20), os testes com veículos que funcionam sem qualquer tipo de supervisão humana, levando passageiros por um trajeto preestabelecido dentro da cidade de Bristol.

Contando com uma variedade de sensores e radares para analisar a área de circulação, esta espécie de versão alternativa de ônibus sem motorista é capaz de rastrear pedestres, ciclistas e objetos nos arredores e se desviar deles, procurando caminhos seguros para levar passageiros e o que mais estiver embarcado.

As cápsulas autônomas de transporte público, que fazem parte do projeto CAPRI, estão circulando diariamente entre as 10h e as 16h30, transportando pessoas pelas instalações do shopping Cribbs Causeway, passando ao longo das áreas de circulação do centro comercial. A experiência ocorrerá até o próximo dia 26 de janeiro.

Os testes fazem parte de um projeto de mobilidade urbana coordenado por um consórcio que inclui 17 entidades, entre instituições de ensino, como a Universidade de Bristol e a Universidade do Oeste da Inglaterra, empresas e o Aeroporto de Heathrow.

Em breve nas ruas

Buscando novas maneiras de melhorar a mobilidade nas grandes cidades, os responsáveis pelo projeto estão monitorando a reação do público ao uso dos veículos autônomos em Bristol. Caso os testes sejam bem-sucedidos, uma nova etapa será iniciada, com as cápsulas sendo testadas nas vias públicas ainda em 2020.

Em experiências realizadas anteriormente pelo consórcio, havia um monitor dentro do veículo autônomo para garantir a segurança da viagem. Mas desta vez, a utilização está ocorrendo sem interferência humana, daí a importância do feedback dos usuários, no qual serão baseadas as correções de possíveis falhas.

notícias serviços

Artigos

Notícias do Mercado