Mercado automotivo mantém alta em setembro, comparado a meses anteriores

O problema do setor é em relação aos números de 2019, ainda muito superiores aos atuais

Data: 21-10-2020
Fonte: Diário do Poder
Autor: Geison Guedes
Mercado automotivo mantém alta em setembro, comparado a meses anteriores. Foto: Volks.

Setembro acabou e mostrou que o mercado automotivo continua em leve crescimento, principalmente em relação aos outros meses de 2020. Por causa da grave crise gerada pela pandemia do novo coronavírus, os comparativos com 2019 ainda estão ruins, mas com uma pequena recuperação, o que mostra que o fim do ano pode ser “menos pior” do que o indicativo.

No último mês, foram comercializados 192.792 veículos no Brasil, segundo dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Uma alta de 14,56% em relação a agosto. Quando comparado ao mesmo período de 2019, a queda é de 10,92% (a menor desde o início da crise), quando foram emplacados 223.151 unidades. O acumulado aponta redução de 32,88%, de 1.298.630 de 2020 contra 1.934.890 de 2019.

Entre caminhões e ônibus setembro, assim como agosto, não foi muito bom, com todos os cenários negativos. O mês fechou com 8.946 emplacamentos, quedas de 23,03% (11.623) comparado com o mesmo período de 2019, e de 9,25% (9.858) em relação agosto. No acumulado do ano, foram emplacados 75.707 unidades, redução de 19,95% comparado com 2019, quando 94.574 unidades foram vendidas.

Se o último mês foi ruim para os pesados, entre as motocicletas o período foi bom, mais uma vez. Setembro teve alta de 13,55% em relação ao mesmo mês de 2019 (99.623 contra 87.737 emplacamentos). Quando comparado com agosto, o crescimento foi um pouco menor, de 3,77% (96.004). Como os demais, o acumulado do ano também apresenta redução, de 32,28% (631.081 contra 796.599).

ARTIGOS​

NOTÍCIAS DO MERCADO