Realizado há 70 anos em Frankfurt, na Alemanha, organizadores do IAA estudam mudar o evento para outra cidade: Berlim, Munique ou Hamburgo.

image[1]

Em crise, maior salão automotivo do mundo está em busca de um novo lar

Data: 04-02-2020
Autoria: Igor Veiga
Fonte: O Tempo

Realizado sempre em anos ímpares e conhecido mundialmente como o maior evento automotivo do planeta, o Salão Internacional do Automóvel de Frankfurt (IAA) está em busca de um novo lar, na verdade, de uma nova cidade.

De acordo com a imprensa europeia, três cidades pintam como maiores favoritas para sediar o IAA em 2021: Berlim, Munique ou Hamburgo.

A mudança de endereço seria para tentar atrair novamente as montadoras e expositores para o salão, que como outras feiras automotivas, vem perdendo espaço e relevância para as marcas diante da nova realidade digital de consumo.

A explicação é simples: custo milionário para participar com retorno comercial aquém do esperado. Junta-se a isso, os recentes escândalos sobre fraudes nos índices de emissões de poluentes protagonizados pelas montadoras.

Na edição de 2017, por exemplo, o Salão de Frankfurt não contou com a presença de marcas como Nissan, Infiniti, Mitsubishi, Peugeot, Fiat, Jeep and Volvo.

Decisão difícil

Em comunicado oficial divulgado na semana passada, a Verband der Automobilindustrie (VDA), a associação das fabricantes de veículos da Alemanha, afirma que a decisão de mover o evento de cidade não foi nada fácil, mas necessária.

“A metrópole principal foi a cidade da IAA por quase 70 anos; internacionalmente, isso ficou claro a partir do termo frequentemente usado ‘Frankfurt Motor Show’. O VDA agradece à cidade de Frankfurt e à Messe Frankfurt por essa longa, boa e confiável parceria”, conclui a VDA.

notícias automotivo

Artigos

Notícias do Mercado