Prime Action Consulting

Notícias Setoriais

Quinta-feira, 20 de Abril de 2017 | Site Cafeicultura
Workshop discutirá medidas para ampliar uso de defensivos biológicos no agronegócio brasileiro
Redação Site Cafeicultura

Tendo como objetivos principais expandir a adoção de biodefensivos no agronegócio brasileiro, trocar experiencias entre produtores e técnicos, conhecer os gargalos do segmento e disseminar as práticas de controle biológico, a ABC Bio – Associação Brasileira das Empresas de Controle Biológico promove, juntamente com a APDC – Associação de Plantio Direto do Cerrado, com apoio da Federação Brasileira de Plantio Direto e Irrigação, o Workshop sobre Controle Biológica de Pragas e Doenças nas Culturas. O evento está agendado para o dia 17 de maio e será realizado durante a Agrobrasília 2017 – Feira Internacional dos Cerrados, no Distrito Federal.

O encontro deve reunir os maiores especialistas no assunto e coincide com um momento bastante rico da área de controle biológico no País, pois ela vem experimentando um grande avanço nos últimos cinco anos. Tal movimentação positiva envolve tanto a pesquisa no âmbito privado, quanto no público e tem sido marcada por produtos confiáveis sendo colocados à disposição dos produtores agrícolas, sejam aqueles fabricados por empresas nacionais ou estrangeiras.

Outro grande impulsionador do mercado de defensivo biológico é uma maior conscientização dos produtores da necessidade de integrar outros métodos para efetividade no controle de pragas e doenças, aliada a pressão dos consumidores, cada vez mais interessados em consumir alimentos com baixa carga de resíduo químico. Nesse particular, a indústria brasileira desse tipo de insumo detém uma tecnologia que pode ser considerada de ponta em termos mundiais.

Apesar de todos esses pontos positivos, que serão debatidos no evento, técnicos e também os organizadores do Worskshop defendem ações e iniciativas que estimulem os produtores, técnicos, gerentes e trabalhadores do agronegócio a adotarem o controle biológico em suas atividades. Nesse sentido, aproveitarão os debates para propor a criação de uma frente ampla para apoiar ações de disseminação do uso de biodefensivos pelo agronegócio brasileiro. A ideia é criar, formalmente, um Grupo de Apoio ao Controle Biológico.

Compartilhe:

FILTRE SUA BUSCA POR SEGMENTO


FILTRE SUA BUSCA POR EXPERTISE


FILTRE SUA BUSCA POR AUTOR