Prime Action Consulting

Notícias Setoriais

Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017 | Automotive Business
Volvo Cars terá venda recorde em 2018
Mário Curcio

A Volvo Cars do Brasil quer vender 6 mil automóveis no ano que vem e com isso crescer 62% sobre as 3,7 mil unidades planejadas para 2017. A estimativa é do presidente da empresa no Brasil, Luis Rezende. “Além do novo XC60 a gasolina teremos as versões híbrida e a diesel em 2018 e em março virá também o XC40”, diz Rezende. Se os 6 mil carros se confirmarem, a marca sueca baterá seu recorde no País, obtido em 2011 com 5,2 mil unidades.



Do total de 3,7 mil carros Volvo em 2017, 60% serão do utilitário esportivo XC60: “Foram 1,3 mil até julho da geração anterior e o carro novo somará outras mil unidades até o fim do ano. É o Volvo mais vendido no mundo e também no Brasil. Com ele o faturamento da marca no País aumentou 12 vezes desde 2008. Passou de R$ 80 milhões para R$ 1 bilhão em 2016”, recorda. Os lançamentos também permitirão à Volvo aumentar sua rede atual, que tem 29 concessionárias. Existe a possibilidade de abertura de revendas ainda em 2017 e certamente no ano que vem, "em locais ainda não cobertos".

Luis está satisfeito também com o XC90, utilitário esportivo grande, que em dezembro de 2016 passou a ser vendido no Brasil com motor a diesel e em março de 2017 chegou em versão híbrida. “Venderemos cerca de 550 XC90 até o fim do ano.” Até a metade de agosto haviam sido emplacadas apenas 240 unidades, número semelhante ao obtido pelo hatch V40, o carro mais em conta da Volvo.

O executivo aguarda agora o fim da cota máxima de 4,8 mil carros livres dos 30 pontos porcentuais extras de IPI e está confiante na nova política industrial Rota 2030, que substituirá o Inovar-Auto. “O momento era outro quando a cota foi imposta, uma forma de preservar a indústria nacional. A Rota 2030 terá por objetivo tornar o Brasil uma plataforma de exportação. E um país assim não pode se fechar às importações. Esses carros já pagam Imposto de Importação de 35%. Deveria ser só isso.”

Compartilhe:

FILTRE SUA BUSCA POR SEGMENTO


FILTRE SUA BUSCA POR EXPERTISE


FILTRE SUA BUSCA POR AUTOR