Prime Action Consulting

Notícias Setoriais

Quinta-feira, 13 de Julho de 2017 | Portal Tele Sintese
Telefonia móvel: pré encolhe, pós-pago ganha clientes em maio
Rafael Bucco

O segmento de telefonia móvel continua a encolher mês a mês, e ano a ano, no Brasil. Dados compilados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) mostram que o maio terminou com 242,11 milhões de chips em uso. Em relação a abril, foram cancelados 217 mil chips. Já em comparação com maio de 2016, foram 13 milhões de cancelamentos.

Os dados foram divulgados hoje (12) pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Os desligamentos são motivados por diferentes fatores. A crise econômica e aumento do desemprego tiveram papel importante. Também caiu a quantidade de usuários com vários chips. A redução de tarifas de interconexão fez as operadoras baixarem ou eliminarem a cobrança de chamadas para números de concorrentes. Ao mesmo tempo, o aumento do uso da internet no celular tornou menos atrativo ter diversos chips para economizar.

Competição

Os dados mostram que a EuTV, operadora móvel virtual responsável pelo serviço de telefonia dos Correios, obteve quase 4 mil clientes em três meses de operação, e em área restrita. Por ser tão nova, registra uma evolução muito acima das demais.

Entre as grandes, a TIM apresentou o maior número de desligamentos: 311 mil em relação a abril. Seguida da Oi, com 64,8 mil, e da Nextel, com 30,8 mil. As demais cresceram no mês. A Telefônica Vivo liderou as adições, com 134,9 mil novos clientes.

Nos últimos 12 meses, a Oi foi quem mais perdeu clientes. Desligou 5,7 milhões de chips, ante 4,3 milhões da TIM e da Claro. A Vivo, novamente, liderou em adições, com 952 mil novas assinaturas.

Pós-pago cresce

Maio terminou com 160,7 milhões de números pré-pagos, queda de 733,67 mil chips (-045%). Em 12 meses, o pré-pago encolheu 11,15%, desligando 20,17 milhões de números. Em compensação, o pós-pago cresceu. No mês de maio, ganhou 516,6 mil usuários. Em 12 meses, adicionou 7 milhões, uma evolução de 9,49%.

4G avança sobre o 3G

Quanto às tecnologias mais usadas, os dados da Anatel indicam avanço contínuo do LTE (4G). Esse tipo de conexão ganhou 2,2 milhões de usuários, que já somam 76,3 milhões em todo o país. Em um ano, mais que dobrou de tamanho, somando 38,98 milhões de acessos.

O mesmo não pode ser dito das tecnologias 2G e 3G. O GSM (2G) perdeu 1,2 milhão de acessos em maio, frente abril. Em um ano, foram 18 milhões de desligamentos. Já o 3G (WCDMA) teve também 1,2 milhão de desconexões. Em 12 meses, 34,3 milhões a menos. Por fim, a base 2G era de 40,9 milhões de acessos, e a 3G, de 107 milhões.

FILTRE SUA BUSCA POR SEGMENTO


FILTRE SUA BUSCA POR EXPERTISE


FILTRE SUA BUSCA POR AUTOR