Prime Action Consulting

Notícias Setoriais

Sexta-feira, 08 de Fevereiro de 2019 | Automotive Business
Librelato quer 20% do mercado de implementos em 2019
Redação Automotive Business

Definitivamente, a crise ficou no passado para a Librelato: a fabricante de implementos rodoviários registrou 2018 como um de seus melhores anos no mercado brasileiro ao dobrar as vendas com relação ao ano anterior, somando pouco mais de 7,5 mil unidades emplacadas no período. O resultado conferiu à empresa 13% de participação do mercado e para 2019, a meta é elevar ainda mais a fatia, uma vez que a empresa prevê crescimento de 18% das vendas de caminhões no Brasil.



“Com base nessas projeções e em sinais claros de recuperação econômica no País, estamos planejando a ampliação de nossa atuação no mercado e devemos superar o excelente resultado de 2018. Além disso, existe uma consolidação da marca no exterior, o que gera cada vez mais negócios. Para 2019 pretendemos chegar a 20% de market share com base em várias ações comerciais que já estão previstas e melhoras contínuas na produção”, afirma o CEO da companhia, José Carlos Sprícigo.

O bom resultado de 2018 se deve, especialmente, à retomada das compras por parte dos transportadores e empresários em geral. Os números da empresa mostram que os segmentos que mais compraram foram o agrícola, construção, florestal e de bebidas. O executivo também observa que houve um aumento de procura por implementos com maior qualidade e eficiência por parte dos clientes.

“Estamos em constante evolução, com nossa área de pesquisa e desenvolvimento em franca atividade para aprimorar nossos produtos. Já temos novidades reservadas para lançar ainda este ano durante a Fenatran, que promete ser ainda mais positiva que a edição anterior”, comenta.

O que também contribuíram para o desempenho da empresa em 2018 foram as exportações: foram 1 mil unidades, 40% a mais do que no ano anterior. A marca enviou seus produtos para o Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai.

“As exportações foram extremamente importantes para nossos resultados nos últimos anos, pois durante a retração do mercado interno esta atividade nos ajudou a manter um ponto de equilíbrio. Em 2017, registramos aumento de 37% nas vendas externas em relação a 2016, o que mostra um crescimento contínuo nesta área”, conclui.

Compartilhe:

FILTRE SUA BUSCA POR SEGMENTO


FILTRE SUA BUSCA POR EXPERTISE


FILTRE SUA BUSCA POR AUTOR