Prime Action Consulting

Notícias Setoriais

Quarta-feira, 07 de Fevereiro de 2018 | Automotive Business
Janeiro comprova recuperação das vendas de veículos
Pedro Kutney

O aumento de 23,1% nas vendas de veículos em janeiro, na comparação com o mesmo mês do ano passado, sustentou o ritmo de crescimento do mercado brasileiro que já acontecendo nos últimos meses. Mas a expansão ainda é modesta, tendo em vista que a base de comparação é muito baixa, janeiro de 2017 registrou o pior resultado mensal de emplacamentos desde 2006. As 181,2 mil unidades emplacadas no primeiro mês de 2018 ainda estão bem abaixo da média de 232 mil verificada na soma de todos os janeiros desde 2008.

“Normalmente janeiro e fevereiro são os meses mais fracos do ano, por isso o crescimento expressivo sobre o ano passado não foi ruim, mas não dá para comemorar muito porque nesta época de 2017 o desempenho das vendas foi muito ruim”, afirma Antonio Megale, presidente da Anfavea.

O dirigente da associação dos fabricantes entende que o desempenho das vendas e veículos no início de 2018 faz parte do lento processo de recuperação iniciado no ano passado, que deve prosseguir ao longo deste ano. A Anfavea projeta expansão de 11,7% nos emplacamentos sobre 2017.

Como sempre acontece devido às características sazonais, os emplacamentos de janeiro caíram em relação a dezembro, com retração de 14,7%. “É uma redução natural na comparação com um dos melhores meses do ano”, pontua Megale. Com isso, o número de dias de vendas em estoque cresceu de 31 para 38 dias, somando ao fim do mês passado 228,7 mil veículos estocados nas montadoras e concessionárias à espera de compradores. “O nível ideal de estoques é de 30 dias”, lembra o presidente da Anfavea.

Compartilhe:

FILTRE SUA BUSCA POR SEGMENTO


FILTRE SUA BUSCA POR EXPERTISE


FILTRE SUA BUSCA POR AUTOR