Prime Action Consulting

Notícias Setoriais

Terça-feira, 11 de Setembro de 2018 | Site Agora Vale
Black Friday é eleita a segunda melhor data para compras
Redação Agora Vale

Realizada toda última sexta-feira do mês de novembro, a Black Friday neste ano acontecerá no dia 24. O Google encomendou uma pesquisa com a Provokers e descobriu alguns insights da data, que se tornou a segunda melhor para o varejo depois do Natal.

O levantamento foi feito com 1.500 consumidores online, de 18 a 54 anos, das classes A, B e C, de todas as regiões do país, ao longo do mês de julho de 2018. Desses, 99,5% afirmam que conhecem a Black Friday e 70% já compraram na data. De acordo com a consultoria e-Bit, em 2017, a data gerou um montante de R$ 2,1 bilhões em vendas, a partir de 3,8 milhões de pedidos no Brasil. Isso representou uma alta de 10% em relação a 2016.

O brasileiro aproveita as promoções para adquirir produtos de maior valor. O gasto médio dos consumidores na data, somando compras online e offline, foi de R$ 1.178. Em 2017, os consumidores que participaram da data compraram produtos de categorias como eletrônicos, viagens e beleza.

Do total de 1.500 entrevistados, apenas 9% disseram que não comprariam neste ano. Entre os que compraram em 2017, apenas 2% disseram que não vão adquirir produtos na data em 2018. As categorias mais populares foram smartphones, TVs e eletroportáteis. Apesar disso, roupas, perfumes e calçados também foram categorias que tiveram relevância.

O volume de buscas por produtos no Google teve crescimento de 57% em 2017 em relação ao volume médio das sextas-feiras de novembro de 2017, antes da Black Friday. Categorias como eletrônicos e eletroportáteis chegaram a apresentar variação de mais de 300%. Dos entrevistados, 86% preferem pesquisar por meio da internet. Até mesmo entre os que não compram online, o método preferido é a pesquisa web (53%).

De acordo com 37% dos entrevistados, a confiança nas promoções é o principal motivo para não participar da Black Friday. Em contrapartida, 75% dos que compraram dizem que gastaram o valor que esperavam ou menos. O recebimento do 13º salário será utilizado por 35% dos entrevistados para realizar compras.

Compartilhe:

FILTRE SUA BUSCA POR SEGMENTO


FILTRE SUA BUSCA POR EXPERTISE


FILTRE SUA BUSCA POR AUTOR