Prime Action Consulting

Notícias Setoriais

Quarta-feira, 11 de Julho de 2018 | Portal No Varejo
Amazon quer expandir serviço de logística com pequenos entregadores
Leonardo Pinto

A Amazon anunciou recentemente que quer tornar seu serviço de logística uma alternativa para pequenos empreendedores começarem um negócio e obterem uma fonte de renda, entregando mercadorias da gigante do e-commerce. Não é necessário experiência e nem, sequer, estar no ramo logístico.

Foto: (Shutterstock)

A ideia é simplesmente ajudar pequenos entregadores e qualquer um que quiser entrar no mercado. A contrapartida, segundo a Amazon, é conseguir colocar seu serviço o mais perto possível das casas de seus clientes.  Com isso, haverá uma redução ainda maior no tempo de entrega.

A companhia diz, em nota, que precisa construir parcerias com entregadores, sejam eles grandes ou pequenos. Diante disso, a empresa tenta lidar com o crescente número de pedidos on-line que entregadores como UPS, FedEx e o Serviço Postal dos Estados Unidos não conseguem atender. Segundo a Dow Jones, cerca de US$ 4 de cada US$ 10 gastos no comércio eletrônico nos EUA saem do site da Amazon.

Amazon investe em capacitação

“A demanda dos clientes é maior do que nunca e precisamos construir mais capacidade. Voltamos às nossas raízes para compartilhar a oportunidade com empresas de pequeno e médio porte. Vamos capacitar essas pequenas empresas”, disse Dave Clark, vice-presidente sênior de operações da Amazon, em comunicado.

A Amazon espera que empreendedores possam cooperar e aceitar essa capacitação para colocar o logo da companhia em seus caminhões. A grande demanda da Amazon está na chamada “última milha”, que costuma ser a parte mais cara da jornada de um pedido on-line por ser a que, de fato, vai entregar o produto na casa do consumidor.

A iniciativa da Amazon trará benefícios enormes à sua rede logística, colocando o serviço mais próximo ainda dos centros de distribuição e das residências. “A Amazon ajudará os empreendedores de uma nova maneira, capacitando-os a construir seus próprios negócios de entrega. Continuamos com o compromisso de longa data da empresa em permitir que pequenas e médias empresas cresçam com a crescente onda do comércio eletrônico”, afirmou a empresa em nota.

Compartilhe:

FILTRE SUA BUSCA POR SEGMENTO


FILTRE SUA BUSCA POR EXPERTISE


FILTRE SUA BUSCA POR AUTOR